"Milhares de pensamentos passam em nossas mentes todos os dias, todos os segundos. O mundo gira, a vida passa, nada para! Presenciamos coisas, fazemos escolhas, formamos opiniões. Poemas e versos se fazem sem que percebamos, então vamos concretizar os pensamentos! A liberdade de falar nem sempre nos é dada, ou mesmo que dada, nem sempre nos convém falar. Bem-vindos ao meu mundo. Falemos o que pensamos!"







quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Feliz ano novo!


Então tá né! Que venha 2010.
Ultimamente o tempo está passando rápido demais e quando percebemos, mais um ano se vai.
Só aí começamos a olhar para trás, sentindo saudades das boas coisas que aconteceram e lamentanto, porém aprendendo, as más.
A Terra termina mais um processo de translação dentre tantos outros que já terminara e os que ainda estão por vir.
Será que ela está indo rápido demais ou andamos tão ocupados que nem percebemos?
Não sei explicar.
O que acontece é que eu acho engraçado as transições de ano.
Porque na verdade, é algo normal e natural, nós é quem as transformamos.
Sabemos que sempre será esse mesmo ciclo, mas quando um ano começa, parece que nos sentimos mais renovados e motivados a traçar certas metas: "Este ano quero realizar tal coisa" "Este ano que vai entrar, vou mudar tal coisa." e assim vai. Vamos planejando e ao decorrer do ano, tentando por tudo em prática.
Ai a gente vai se deparando com novos desafios, conhecendo novas pessoas, as coisas vão mudando ou continuando tudo igual.
Depois chega uma hora que parecemos nos cansar. Perdemos um pouco daquele fôlego que tínhamos no começo e começamos a desanimar. E então, mais um ano chega ao final e nossas energias voltam novamente. Como se fosse tudo novo de novo, quando na verdade essa motivação está em nós, pois poderiamos escolher qualquer data para resolver começar de novo, mas nos ansiamos para esperar o calendário mudar e virarmos mais uma página.
É separar a vida por etapas, abrir as pastinhas dos arquivos e lá encontrar
2000, 2001, 2002, 2003, 2004...2009...nossa vida toda organizada por anos. É só abrir as pastinhas para vermos tudo o que passamos.
Genial!
E se o ano tivesse mais que 365 dias? Seria mais dificil para nós segurar as barras?
Talvez...
Mas agora é hora de recarregar as pilhas, traçar novos planos, recomeçar, encontrar a felicidade que já está dentro de nós, de nos enxer de espectativas porque elas nos trazem esperança.
Tudo vai depender da maneira que resolvemos encarar as coisas.
Então, que este ano nós possamos optar por encarar a vida com mais ânimo e disposição.
Que nós possamos atrair as coisas boas para nós e para o nosso próximo.
Que possamos nos tornar pessoas melhores e cuidar melhor do nosso planeta.
Que estejamos sempre aos pés de Deus, não só para pedir (como temos costume), mas também para agradecer.
Que possamos falar menos e agir mais.
Que possamos vencer nossas barreiras.
O preconceito, a maldade, violência, aquecimento global, economia...
Que nunca esqueçamos de dar valor aos nossos amigos de verdade e à nossa família.
Que a gente cuide sempre melhor do nosso corpo porque ele nos carrega e da nossa alma que nos mantém vivos de verdade.
A mudança do ano está na maneira como nós desejamos que as coisas aconteçam, e como agimos para contribuir com isso.
Desejo a todos um excelente ano, melhor do que o que passou, pois temos que ter em mente a idéia de sempre progradir, e fazer melhor.
2009 já está se despedindo.
Vamos fazer melhor em 2010! Vamos começar AGORA!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Press this button and be happy!


Porque às vezes, é preciso!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

A máscara que todo mundo usa!


Qual preço que se paga por dizer a verdade nua e crua ?
Por falar as coisas sem rodeios, dizer na lata?
"- Fulano, seu gato foi atropelado e óh..a coisa foi feia hein...
ele ficou esmagadinho"
"- Não acredito, você foi assaltado? Levaram seu décimo terceiro?
Poxa cara, vc está na m**** hein, levou um preju...."
"- Nossa bem, a sua mãe é uma jararaca mesmo, viu?"
Mas ao invés disso, a gente passa uma maquiagem e pronto, fica tudo bem!
São máscaras que usamos para nos proteger e para nos mantermos no meio da sociedade,
para tornar a convivência melhor.
Quem gosta de gente sincera demais? Quem gosta de ouvir tudo o que as pessoas
REALMENTE tem a falar? Quem fala o que realmente pensa?
Muitas coisas a gente tem que guardar conosco, porque a nossa pior arma e aquela que pode nos atingir, é a língua.
Todo mundo usa sua máscara de proteção.
O que é inaceitável são pessoas que enfeitam demais a mascara e quando vamos ver por trás dela, não é nada do que a gente achava ser.
Sem tirar as mentiras que a gnt conta, ou as verdades que omitimos.
Você teria coragem de dizer ao seu chefe: "- Olha chefe, eu passei a noite toda na gandaia, to quebradasso (a) por isso vou ficar em casa descansando senao eu nao vou produzir nada" (???)
Ou invés disso vc diria: "- Eu nao acordei bem, vou ao médico porque acho que estou com virose"
Quem ganha um presente que não gosta e diz "-Poxa vida hein, que negócio horrivel é esse? SEria melhor nao ter me dado nada"
Mentiras para o bem, né? rs
Não existe meia verdade, porque é mentira do mesmo jeito.
E os eufemismos que a gente usa?
Ao invés de lixeiro, coletor de lixo
convidado a se retirar, ao invés de expulso
ajudante, ao invés de empregada
E assim vai...termos que ajudam as palavras a ficarem mais bonitas e também ajudam as noticias ruins ficarem mais "aceitaveis". Tudo isso para nos enganar.
Todas as coisas que eu disse acima, utilizadas para evitar constrangimentos.
Tomar cuidado com as palavras.
Eu odeio cinismo, mas de cínico, todo mundo tem um pouco, senão a gente não vive!
Vivemos nos enganando, mas isso é automático, e as vezes até necessário.
Mas bem que eu tenho vontade de meter a boca no trombone e sair falando umas verdades viu?!
Mas se a gente faz isso, também é recriminado.
Vai entender né?

A patinha feia


Se eu pudesse comparar a minha história com algum conto de fadas não seria da branca de neve, cinderela, bela adormecida, rapunzel nem nada disso. Seria a do patinho feio.
Exato!
Eu sempre fui a "patinho feio" da escola, da igreja ou de qualquer lugar.
Eu era tímida ao extremo, magérrima que parecia desnutrida, odiava o meu cabelo portanto nem fazia questão de cuidar dele, odiava meu corpo, então pra mim qualquer roupa estava de bom tamanho, nao tinha um MINIMO de vaidade e a maioria das pessoas faziam pouco caso de mim. Isso até meus 15 anos. Nunca liguei para aparência porque eu realmente era mal cuidada (por fora..rs).
Eu não era notada (e não queria mesmo ser), ja estava acostumada a ficar no meu cantinho somente com os meus amigos e mais ninguém. Com eles era diferente. Lembro até hj de cada um que fiz. Eles não ligavam para a minha aparência, e gostavam de mim pelo que eu era.
Elogios era coisa rara, até mesmo dos pedreiros da rua..rs
Bom, essas coisas todas estavam na minha cabeça, na maneira qual eu me impunha (eu não me impunha) porque eu me achava feia e inferior, nao adiantava alguem me dizer o contrário, eu acreditava na minha inferioridade. Eu gostava dos garotos mas nao tinha coragem de falar porque pra mim jamais alguem se interessaria por uma menina tão sem graça como eu. E na maioria das vezes eu estava certa.
Tinha sim pessoas que se aproveitavam da situação e me dava aquela empurradinha mais pra baixo, e eu sempre aceitei tudo de cabeça baixa.
A unica coisa que eu tinha de bom era a inteligencia e a bondade...rs
Nunca fui da turma dos nerds nem da dos bagunceiros, mas do meio termo.
Estudava pra nunca ficar de recuperação e passar de ano, mas não era obcecada por estudos e não conseguia dizer não a ninguém.
Sair na rua, pra mim era tortura, eu nao queria ser vista. Parecia que o mundo me apontava e dizia: "O que é aquela aberração?"
Eu poderia muito bem viver excluida de tudo, seria melhor.
Mas no meio dessa coisa toda eu conheci o que realmente vale a pena na vida.
E Deus foi trabalhando em mim, e eu fui crescendo e amadurecendo. Passando pelas trajetórias com aqueles que mereciam meu valor e queriam me ver pra cima.
Eu não era feliz de verdade, porque ninguem é feliz sem se amar.
De repente eu comecei a acordar e ver que se eu nao fizesse algo pra me ver bem, eu viveria a vida toda isolada do mundo e isso iria me matar!
Cansei de ser menosprezada, desapercebida...CAnsei de ser patinho feio e então
comecei pelo meu cabelo. Deixei-o do jeito que eu gosto, depois fiz uma mudança no guarda-roupa, comecei a me cuidar mais e fui sentindo a mudança. Passei a ser notada, reencontrei pessoas que nao acreditavam que era EU, aquela menininha amuada.
A Patinha feia se transformou em um cisne.
Como uma flor que se abre.
Estranhei e muito de início.
Garotos se apaixonando por mim, aqueles que nem me davam bola? Me chamando de linda ? Meu corpo, de uma mulher?
Eu que já fui chamada de songa monga, magricela, sem graça?
Eu até já ouvi: "Você é daqui?? Eu nunca te vi!"
e eu pensava "Poxa, eu estive aqui durante tres anos, como assim nunca me viu?"...
Fiz as pazes com o espelho, joguei fora toda a timidez, decidi ser a verdadeira Dani.
Aquela que poucos conheceram, ser mais Eu!
"Então quer dizer que as pessoas me verão do jeito que eu me enxergo?"
Sim.
Como eu vou querer ser amada se eu mesmo nao me amo?
Como eu vou querer que as pessoas me achem bonita se eu me acho feia e nao faço nada pra mudar?
E a principal de todas: Aparencia é sim importante.
Porque todo mundo julga por ela.
Alguém vai respeitar um advogado que entra no tribunal de chinelos e bermudas?
Não!
Passei a ter mais amigos, passei a ser mais notada, mais querida, mais respeitada.
A unica que não saiu do meu lado o tempo todo, foi a minha mãe.
Pra ela eu era linda de qualquer jeito, e ela me ajudou em tudo. SEMPRE!
E as pessoas que me conhecem hoje, podem não acreditar no que eu fui no passado.
Mas eu tenho provas...rs.
Bom, eu nunca perdi os meus valores, nao vou deixar de ser a menina que eu era, não vou deixar de querer fazer tudo da maneira certa, não vou pisar em alguem para conseguir o que eu quero, não vou menosprezar ninguém, mas hoje tenho muito mais de mim, e sou o que eu um dia sonhei ser.
E agradeço a Deus por ter me dado essa chance, por ter virado o meu cativeiro e tornado meu sonho realidade.
Sou grata a Deus por ser o responsável por tudo isso, por me amar de qualquer jeito, por nao deixar meu coração sem amor, e por não permitir que eu sinta raiva ou algo parecido, nem vire uma pessoa ruim.
Sou grata também aos meus amigos de verdade, que acompanharam meu crescimento e minha transformação..rs
Tudo bem que eu nunca fui a primeira em nada, nem nunca fiz nada extraordinário, nunca sai na capa de uma revista (vontade nao me falta rs), nunca recebi uma medalha por nada (no maximo um "honra ao mérito" na sexta série) mas mesmo assim, sou diferente e isso me faz bem.
Um dia, quem sabe eu nao apareça nos jornais...rs
Sinto muita vontade de fazer algo pra ser reconhecida, mas quem sabe ?
Deus....
rsrs
De patinha feia, para um belo cisne.
Eu soube o que é nascer pra vida!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Natal, na minha opinião

Época de natal.
Nota-se que as pessoas ficam mais solidárias, muitas delas aproveitam para fazer as pazes (passam o ano inteiro num pé de guerra e se reconciliam no natal...mas tudo bem né), as ruas enfeitadas e as lojas lotadas.
Papai noel, arvores de natal, pisca-pisca...
E por trás de tudo isso? O que é o natal ?
Uma data para celebrar o nascimento de Cristo.
Quando Jesus derramou Seu sangue na cruz para nos salvar, e ressussitou no terceiro dia, pediu para que lembrássemos de sua morte em carne e sua passagem para a vida eterna ao lado direito de Deus, mas não vejo em algum lugar da bíblia aonde Jesus tenha pedido para lembrarmos de seu nascimento, e nem tenha especificado nenhuma data para isso.
Daí entra a mão do homem enfiando tudo quanto é tipo de desculpas para fazer o capitalismo girar, e para afastar as pessoas do verdadeiro sentido do natal.
Na minha opinião, como não há uma data específica do nascimento de Jesus, o certo seria não comemorar, mas como "aniversário" é tradição, então que seja de uma maneira coerente.
Não da forma que é. Natal não é sinonimo de papai noel e troca de presentes, nem de pisca-pisca e arvores de natal. Isso são símbolos que podem muito bem colaborar para desviarmos a nossa atenção ao verdadeiro significado do natal: O nascimento de JEsus.
Não estou dizendo que sou contra, pelo contrario, como eu disse no início, as pessoas ficam mais caridosas e passam a se lembrar dos pobres.
Isso pra mim é ironia. Existem pessoas embaixo da ponte o ano inteiro, passando fome, frio e tudo mais, e a gente só lembra delas em dezembro só porque Jesus "nasceu"???
As ruas ficam enfeitadas e é mais agradável aos nossos olhos ver tanta decoração e criatividade...
A nossa esperança é renovado e a gente fica mais "bonzinho" e relevante.
Gasta-se nao sei quanto pra enfeitar as ruas. Por que nao revertem esse dinheiro pra ajudar um necessitado?
E o natal para os pobres? Para quem mora na rua e nao tem condições de se sustentar?
Eles assistem o mundo inteiro fazendo ceias, trocando presentes, enfeitando casas, enquanto a situação deles não muda.
Alguns tem a sorte de serem lembrados por pessoas caridosas que se voltam para levar o espirito natalino para todo canto. Mas não todos. E os que são esquecidos?
Eles ficam no canto revoltados, só porque são "menorias"?
PApai noel só existe para crianças ricas, ou com condições.
E o sonho de uma criança pobre em ganhar uma bicicleta e o papai noel nao chega porque o pai de familia mal tem condições de comprar o pão? O papai noel para ela, é mau?
O intuito do natal é mesmo lembrar o nascimento de Jesus?
E pra que tanta coisa sem sentido está envolvida?
Para quem tem condições de passar o natal com a mesa farta, encher as crianças de presentes, doces e etc, o natal é maravilhoso, mas pra quem está debaixo da ponte ou em um barraco, é uma tortura!
A caridade, a reconciliação, a bondade no coração, LEMBRAR DE JESUS...essas coisas devem estar presentes em nossas vidas TODOS OS DIAS e não somente dia 25 DE DEZEMBRO!
Precisamos perder esses costumes, e acordar porque estamos nos enganando!
E é por isso que eu protesto contra o natal, porque esse natal que vivemos, é natal do HOMEM, do dinheiro! Eu não acredito que Deus esteja satisfeito com essa nossa maneira de "comemorar" o nascimento de Jesus.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

ENFIM...FORMADA!

Há dois anos atrás, eu coloquei os meus dois pezinhos na faculdade após decidir (por livre e espontânea pressão) fazer Comércio Exterior...rs...é brincadeira, a decisão foi minha, mas o que eu realmente queria fazer era arquitetura, só que este curso vai ficar pra depois.
Lembro que quando eu estava no colegial eu mal via a hora de entrar no mundo universitário. Como eu tinha vontade de ser tratada como "adulta", sem ter que pedir para o professor pra beber água, ir ao banheiro, nao poder atender o celular e todas essas chatices. Sem contar que eu queria conhecer gente nova, gente que tinha ideais, que pensava no futuro e batalhava pra isso. Gosto de conhecer pessoas que tenham algo com o que eu possa aprender e me espelhar.
Eu cresci no meio de gente mais velha, comecei a trabalhar cedo, então, sempre fui mais "adulta" do que deveria.
Bem, e aqui estou eu: formada! Foi mais fácil do que eu esperava e mais legal do que eu imaginava.
uffa...
Sim, eu estudei (na faculdade nao tinha barzinhos..rs) aprendi muita coisa, corri pra fazer trabalho, estudar pra prova mesmo sem tempo, como também curti muuuuuuuuito com a galera.
Fiz amigos, vivi várias experiências e notei que faculdade é tudo o que falam: "Você nunca mais será o mesmo depois de sair dela"
Deus me ajudou em todos os processos, abriu todas as portas pra mim. Quantas vezes eu pedi pra Ele me dar uma forcinha pra eu nao esquecer a matéria, e jogar uma luz sobre minha cabeça pra lembrar as respostas?
rsrs...
Processo concluído, sem DP! rsrs
Estou mto satisfeita, muito feliz porque CONSEGUIIIIIII, GRAÇAS A DEUS, LÓGICO!
Em relação à essa área?
CAraca, adorei!
Particularmente me apaixonei mais pelos navios...rs...e tenho imensa vontade de trabalhar com exportações e importações. Agora so me resta uma oportunidade.
Também penso em estudar psicologia (pois é..rs) e arquitetura. Pelo menos algo relacionado à decoração.
Meu próximo objetivo: Pós graduação, e estudar fora também!
Deus que me ajude nessa novamente.
Sem Ele eu não seria nada!
Extremo sentimento de satisfação e alegria.
Agora, uma coisa me entristece: E os amigos que fiz?
Eu nao queria perder contato, mas é a lei da vida né!
Sentirei mtas saudades, estão todos gravados na página "Faculdade" que foi escrita na minha vida.
Bom, a colação de Grau é só em março e a formatura em abril...terei muito oque escrever ainda!
Let´s wait...

Faça Uma por Você

Faça mil coisas para os outros, ajude, pratique a caridade mesmo. Isso faz bem pra alma e nos deixa mais satisfeitos conosco ver que alguem esta feliz e que de certa forma colaboramos pra isso. Mas nao deixe de fazer algo por você, de fazer uma coisa para se autossatisfazer, se ver bem. Não espere que caia do céu, faça você mesmo. Está afim de algum rapaz ou de alguma garota? Então pega o telefone e liga, marca um encontro, um cinema...e se vc levar um não? pelo menos tentou, fez por você. Ta afim de dizer algo a alguém? Pra que esperar? Diga, e deixa que as coisas vão tomando o seu rumo certo. E a sua música preferida? Aquele restaurante que você mais gosta? A viagem pra um lugar diferente? A roupa que te deixa mais magra ou te faz sentir melhor? Ha quanto tempo você não dá importância pra isso? Quantas coisas você tem deixado de lado ou quantas delas estão esperando o seu "depois"? Tira logo tudo do armário, põe pra fora, VIVA! Já faz algum tempo que eu estou tirando um minutinho pra fazer algo por mim. E sabe de uma coisa? Uma energia atrai a outra. Essa minha vontade de querer que as coisas aconteçam e ao invés de esperar, fazer acontecer, me trouxe repentinamente algo que eu não esperava. Foi como um bônus, inesperado. Sabe quando vc deseja tanto que uma coisa aconteça e imagina que isso está muito fora do seu alcance e de repente....DO NADAAA...acontece? Caraca! Eu nem acreditei, e fiquei super feliz. Mesmo depois de descobrir que não era nada do que eu imaginava... as vezes essas coisas acontecem. Idealizamos muito, e no fim, não era nada daquilo. Valeu a experiencia...valeu mesmo! Pouco me importa o efeito que vai causar, ou o que irão falar por aí, estou fazendo por mim! Odeio querer e não poder, odeio esperar. Pode ser que exista muitas coisas que eu tanto quero que aconteça, que estao esperando uma atitude partir de mim, então por que nao tomar a iniciativa? Esperar vai me trazer o que de bom? Abrace se tiver vontade, beije se sentir que deve, corra, dance até acabar a pilha (isso eu faço..rs), saiba aproveitar a sua oportunidade, o seu momento, a atender o coração, porque as coisas não voltam. Existem portas que quem fecha são as nossas mãos, e são as mesmas que devem abrí-las. Então, é hora de fechar de vez as portas que estão entreabertas, ou abrí-las! Cada fim de ano, uma surpresa...tô gostando disso...acho até que estou ficando mal acostumada...rsrs AIIIIIIIII to feliz nem quero pensar no depois! Aprendi a viver o agora! Quem quiser acrescentar um pouco de adrenalina na vida, junte-se a MIM!

sábado, 12 de dezembro de 2009

Turbulência de sentimentos

Quantas coisas podem acontecer em duas semanas?
Eu diria que muitas.
Muitas coisas que estavam guardadas, acumuladas
vieram a tona!
Despedida da galera da facul, correria com o trabalho da faculdade,
finalmente a apresentação do trabalho, rever a galera, guardar muitas
coisas aqui dentro e de repente se ver em meio a uma grande turbulência
de sensações e sentimentos.
Por um lado, a alegria de se formar, por outro, a tristeza de nao ver mais os
amigos e guardar consigo a lembrança de cada semestre ou dia.
Bom...eu decidi resolver tudo o que estava pendente em meu coração, tudo o
que eu sabia que um dia eu teria de tirar do stand by e deixar de uma vez
por todas no arquivo morto.
Tirei tudo, ou quase...decidi que era hora de nao mais guardar porque nao havia espaço.
E nao me arrependo de nadinha...me sinto mais leve agora, mais liberta.
Eu nao sei porque mas todo fim de ano as coisas começam a se ajeitar na minha vida.
Acho que é porque é hora de dar boas vindas ao que tem por vir, e guardar o que se passou.
Não da pra terminar o ano com pendencias no coração.
Estarei começando o ano com o coração limpo, encerrei um ciclo e iniciarei outro.
Que estranho...tudo o que estava tao escuro parece agora clarear.
Nao esta totalmente claro, mas me sinto um pouco menos perdida.
Bom, eu aprendi uma lição.
Dê tempo ao tempo, que as coisas vão se ajeitando.
A turbulencia passou, posso sentir meu coração dormindo agora...
Related Posts with Thumbnails