"Milhares de pensamentos passam em nossas mentes todos os dias, todos os segundos. O mundo gira, a vida passa, nada para! Presenciamos coisas, fazemos escolhas, formamos opiniões. Poemas e versos se fazem sem que percebamos, então vamos concretizar os pensamentos! A liberdade de falar nem sempre nos é dada, ou mesmo que dada, nem sempre nos convém falar. Bem-vindos ao meu mundo. Falemos o que pensamos!"







segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Deixa ela em paz!

O que Deus criou, foi Deus quem criou, o que o homem criou, o homem criou.
E se Deus criou, só Deus conhece.
Eu não sei por que o homem tem mania de desafiar a natureza, essa gana de querer enfrentá-la, escalar montanhas mais altas, ondas mais perigosas, domar animais selvagens...
Inumeras pessoas acabam por perder a vida por causa disso. A natureza tem vida própria, ela deve ser respeitada.
Eu amo a natureza, a enxergo com grandeza e tamanho sem fim, tenho respeito por ela.
Sou apaixonada por animais. Meu sonho de criança era ser veterinária até crescer e perceber que não teria estômago para ver uma tripa saindo...rs.
Se eu pudesse teria um leão em casa. Eles me fascinam com tamanho charme, beleza, poder e força.
Mas animais selvagens não são domésticos, não devem ter contato com seres humanos.
E ai quando um leão escapa da jaula de um zoológico, quando um touro ataca alguém, quando um elefante se volta contra um domador no circo, as pessoas acham que os animais são cruéis.
Não, eles não são.
Cruéis somos nós que os prendemos e os queremos domar. Cruéis somos nós que os tratamos como vitrine de shopping, cruéis somos nós que destruímos seu habitat, os deixando sem água e sem comida.
Cruéis somos nós que, na ânsia de querer nos sentir grandes, desafiamos a natureza e não queremos que ela responda.
Certas coisas foram criadas para ficarem em seus lugares. O oceano é encantador, mas lá no fundo moram espécies de animais e plantas jamais vistas, e o homem não tem capacidade de alcançá-los.
No interior do planeta tem lava, brasa ardente.
Nós temos nossos limites.
Eu não sou contra escalar montanhas, nem pegar ondas ou ir ao fundo do mar estudar espécies. Não é isso!
Eu sei que a natureza é belíssima e a nossa curiosidade em conhecê-la e nossa vontade em se maravilhar é grande.
Eu to falando de respeito. Quando o mar esta bravo, quando a natureza está enfurecida, devemos nos colocar no nosso lugar. E mesmo quando ela está calma.
Se a gente soubesse aonde é o nosso lugar, e se déssemos o respeito que a natureza merece, o mundo não estaria se derretendo, se queimando, alagando...
E a culpa não é de Deus, é sua, é minha, é tudo culpa nossa!
A natureza está ferida, ela está cansada de nós.

6 comentários:

HSLO disse...

Que lindo...eu também tenho essa preocupação.

Cacheada disse...

Menina, acho que nada resolverá o mundo que 'nós' criamos ele tá acabando mesmo, deixa isso tudo pra lá e vamos gozaaaarrrrr dessa vidaaaa...
;P

Matheus W. disse...

Caramba! Parece que você está realmente brava com nossa espécie ein?
rsrs

É bom que os homens enfrentem a natureza e se F*#D#*, quem sabe assim um dia aprendam!
rsrs

Ficou lindão o blog!

Beijos

Kátia disse...

Muito bom o post, Dani.
Realmente, é tudo culpa nossa. =/

Beijo!!

Amanda Arrais disse...

"E mesmo quando ela está calma."

Acho que esse é o grande ponto. É preciso que exista preocupação mesmo quando os problemas não estão no ápice. O que falta é cosciência.
Ótima reflexão e belas palavras!

=*

Dani Brito disse...

Hugo - Que bom querido, fico feliz, qto mais, melhor!

Ju - Vamos sim claro! Mas temos que ter consciencia, é o futuro da nossa geração.

MAth - Estou mesmo..rsrs..é isso q eu penso, a gente ta se fo@#$¨& pra aprender a não se meter onde não deve, obrigada =).

Katita - É e a gnt não pode mais persistir no erro.

Mandita - É mas a gente prefere remediar do que prevenir, né querida?! Obrigada pela sua visita =).

Beijos, beijos

Related Posts with Thumbnails