"Milhares de pensamentos passam em nossas mentes todos os dias, todos os segundos. O mundo gira, a vida passa, nada para! Presenciamos coisas, fazemos escolhas, formamos opiniões. Poemas e versos se fazem sem que percebamos, então vamos concretizar os pensamentos! A liberdade de falar nem sempre nos é dada, ou mesmo que dada, nem sempre nos convém falar. Bem-vindos ao meu mundo. Falemos o que pensamos!"







quarta-feira, 23 de junho de 2010

PUTA QUE PARIU

Olha, eu não comprei a carta, subornei o instrutor.
Aprendi a dirigir direitinho, fazer baliza e tudo mais.
Meu instrutor era pagodeiro, ia cantando pagode e dando um salve pra todo mundo da rua, mas ele era super mól legal.
Me ajudava quando eu chegava hiper atrasada.
Vamos combinar que na época eu trabalhava e estudava todos os dias, só tinha tempo de sábado, e sábado, minha gente, o ser humano precisa dormir.
E, bom, a maioria das minhas aulas foram marcadas de manhã.
E ai que eu saia sexta feira e chegava sábado um caco pra aula de volante, com a maior cara lisa do planeta, e tinha que ouvir piadinhas do instrutor.
Mas enfim, passei na marra nos testes sem desembolsar nada porque eu sou birrenta, não ia pagar nemfodendo pra passar.
Primeira semana dirigindo com carta, me sentindo hiper independente, deixei metade da calota na calçada do meu amigo.
Segunda semana, tinha jogo do timão (vai curinthia) x santos, fui assistir na casa da tia da minha amiga, timão ganha e o buteco da esquina FECHOU a rua de corinthianos (tenho motivos para odiar o o curintxa), rua de mão ÚNICA, casa da tia da amiga fica na subida, e eu muito da inteligente, fui querer descer a rua de ré até chegar na rua abaixo que estava perto, pra fazer o retorno. Foi quando de repente uma caçamba assassina surgiu do nada e bateu atrás do meu carro.
Gente eu era nova de carta vai...um mês só...
Um dia mamis tinha saído, a garagem lá de casa era hiper apertada, assim como a rua. Coisa
de caber um carro e uma pessoa do lado.
Eu tinha que sair e fui tentar tirar o carro da garagem, deixei metade da pintura da porta no portão e ainda chamei a vizinha pra me ajudar porque eu estava em estado de desespero e tremendo mais que um celular no vibra call.
Após passados todos esses traumas e aventuras no volante, comecei a pegar prática. Na verdade eu desisti de tentar manobras dificeis e que eu nao teria capacidade de realizá-las.
Foi quando um belo dia, estacionei bonitinho, me vem um FDP e estoura a traseira do meu carro que estava PA-RA-DO. Nem vi quem foi, só vi quando fui abrir o porta malas e ele estava pra dentro.
Não contente com tantos estragos que haviam no meu carro, um outro carro bateu no meu retrovisor, e agora se você ver o meu retrovisor direito, ele está com várias divisões, lindo!
Tirando o dia que eu fui estacionar na faculdade e deixei metade da pintura da outra porta na pilastra.
Ou seja, meu carro está metade azul escuro e metade branco.
Gente, tudo bem, os estragos que eu fiz doem o meu coração mas eu até consigo superar.
Mas agora qual é o problema hein?
Vou falar uma coisa, tudo que está ruim, pode sim piorar.
E quando eu pensei "Agora chega né? Já ta bom demais"
Ontem estava eu numa festa quando minha mae chega:
- Bateram no seu carro.
- O QUE ???????????? Como assim ??????? Ahh não de novo não!!!! Qual é hein, qual é o problema com o meu carro?
- Bateram atrás, fizeram o maior estrago.
Tipo, JÁ estava batido atrás.
O preju que eu terei pra arrumar tudo isso, vai dar duas mensalidades da facul.
Fora a vergonha que dá sair na rua com o carro naquele estado deplorável e sentir os olhares de: CARAMBA, ESSA DAÍ COMPROU A CARTA.
Imaginem se eu tivesse mesmo comprado.
E NÃO, a culpa não é do instrutor.
Vou vender o carro e trocar por um carrinho de cachorro quente, ou até mesmo uma bicicleta.
(Aceito barganhas)
Mas to com medo de um caminhão passar em cima de mim, porque do jeito que a urucubaca anda, méldéls, tenho que andar de carro forte.

11 comentários:

Vinicius disse...

hahah por isso ate hojes estou vivo..

NUNCA ANDEI DE CARRO COM VC!!!!

aeeeee =p

Beijo DAAAAANI a barbeira mais charmosa de OSASLOST CITY.

Dil Santos disse...

Dani, tu tá bem,?
Menina, fiquei com medo agora kkkkkkkkkkkkkkkkk
Brincadeira viu? rsrs
Eu tbm tava com saudade, ainda tô na correria, só volto ao normal semana q vem ahahaha
Ah! no meu perfil tem o link do meu orkut, add lá depois é mais fácil vc me achar do q eu te achar ahahah
Bjão
:)

Dani Brito disse...

Vini - fique sabendo que eu dirijo bem. Pergunta pra Jacky...rs
Obrigada pelo charmosa.

Dil - Não fique com medo viu? Eu AINDA não atropelei ninguém!

Beijokas

Bruno disse...

"Foi quando de repente uma caçamba assassina surgiu do nada e bateu atrás do meu carro."

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Bruno disse...

hahahaha

RI LITROS com suas desventuras!
Adorei! rs

Gata, seguirei-te aqui tbm com certeza, ok?

Bjão!

Kátia disse...

Hahahahahhahahaha

Rachei com sua zica, amiga. Puta que pariu, nunca vi ninguém arregaçar um carro em tão pouco tempo. Olha que nunca bati meu carro hein, nem nunca bateram em mim. hauhauhauauahau Tenho carta há 4 anos já e também não subornei o cidadão pra passar, passei por mérito. \o/ hahahah

Te adoro flor! Saudades master.

Ovelha - Born to be Wild! disse...

Claro Dani, acredito, foi sempre culpa dos outros... rsrsrs

Mas ainda acho que o peor acidente foi quando vc quase miou a viajeenha de 15 pessoas, perdendo a chave do carro após estacionálo na frente dos outros 3 carros, impedindo TODOS de sair da sua garagem.

Sábio Vini, este tem vida longa huahuahau.
Tinha que ser um pagodeiro pra fazer uma merda dessas kkkk

Dani Brito disse...

Bruno - Eu tbm dou muita risada, senao eu choro! Bem-vindo querido. E sim, essas caçambas que ficam atacando as pessoas na rua, viu? rs

Katita - Existem coisas que so eu consigo fazer...kkkkk..e eu tenho um ano de carta! Fiz este mes =). Saudade, saudade.

Gab - Aquele dia eu sabia perfeitamente aonde estava a chave, acontece que eu quis que vocês ficassem mais tempo descansando na calçada da minha casa..rs
Não fala assim, o cara é gente boa! rsrsrs

Beijos, beijos

Hakime Goul Djounoubi disse...

Amiga, problemas com o carro é difícil alguém nunca ter, mas confesso que deve ser bom dirigir, ão sei. Muita gente fala da sensação de liberdade, fora o status que dirigir causa nos outros. Eu, particularmente, acho bonito, mas não sei se teria coragem de dirigir, seria reprovado em umas quatro ou cinco tentativas antes de conseguir tirar a carta. Na primeira já conseguistes a tua?

Olha, só lamento o teu prejuízo. Sei que, apesar do povo dizer o contrário, mulheres costumam ser mais responsáveis ao volante.

Se as pessoas não perceberem que dirigir é coisa séria, olha no que pode dar:

http://www.youtube.com/watch?v=94LOcaKJn4E&feature=related

Este filme foi apresentado na fábrica, uma vez, chorei muito.

Por falar em fábrica, vou me demitir, por causa de uma situação de preconceito. É uma longa história, amiga, só peço que rezes por mim, precisarei muito. Talvez eu me mude de cidade em breve, também. Te mantenho informada, ok?

Habiba, te adoro. Saudações.

Psicoblogger disse...

Kkkkkkkk adorei sua historia, eu tenho carta, tireii direitinho tbem, reprovei na 1 mas passei na 2. Só que nao consigo dirigir por medo de bater kkkk muito medo, tipo me paraliza..... kkkkk ver seu bom humor com td isso ai me motivou kkkkkkk bjo

Psicoblogger disse...

Kkkkkkkk adorei sua historia, eu tenho carta, tireii direitinho tbem, reprovei na 1 mas passei na 2. Só que nao consigo dirigir por medo de bater kkkk muito medo, tipo me paraliza..... kkkkk ver seu bom humor com td isso ai me motivou kkkkkkk bjo

Related Posts with Thumbnails