"Milhares de pensamentos passam em nossas mentes todos os dias, todos os segundos. O mundo gira, a vida passa, nada para! Presenciamos coisas, fazemos escolhas, formamos opiniões. Poemas e versos se fazem sem que percebamos, então vamos concretizar os pensamentos! A liberdade de falar nem sempre nos é dada, ou mesmo que dada, nem sempre nos convém falar. Bem-vindos ao meu mundo. Falemos o que pensamos!"







segunda-feira, 10 de maio de 2010

Manhê, sorria, vc está sendo postada!

Ô mãe, senta aqui do meu lado, quero deitar no teu colo.
Posso eu te contar uma história, faz carinhos no meu cabelo?
Mãe ?!
Eu não preciso desse dia pra te dizer né? Posso fazer isso todos os dias!
O que não inventam para ganhar dinheiro! Dia das mães? O dia de vocês é todo dia!
Bom, pelo menos a família se reune!
Mãe, sabe...eu são tão sem jeito com palavras, mas tenho aprendido que devo mostrar às pessoas o que sinto, senão, como elas saberão, não é?
Prometo que vou me esforçar, vou tentar te falar que eu sou grata por você ter me colocado ao mundo.
Olha, Deus te deu um lindo dom, e você fez com perfeição.
Mesmo eu te dando complicações no parto, você me amou, me amamentou, trocou fraldas e todas as caquinhas que eu fazia.
Me deu muito amor, teve paciencia, e, claro, me bateu quando foi necessário.
Aquelas cintadas e chineladas doíam muito, mas logo passavam. Elas serviram para eu me tornar alguém.
Você brincava comigo de barbie lembra?! Ahhh mãe, sempre minha amiga, desde meus pequenos passos.
Mãe, lembra daquela fita cassete do meu aniversário quando eu nem sequer andava? Você parecia tão boba tentando me fazer falar e dançar...eu ria, ria muito com você. Você sempre foi a alegria da casa.
Sabia que quando você está triste, tudo fica cinza?
Sabia que quando você não está, fica um vazio danado?
Eu vou tentar te dizer que você é a pessoa que eu mais admiro neste mundo!
Mesmo com as suas mãos fracas e a sua saúde comprometida, você nunca desistiu.
Você doou a sua vida para mim, renunciou a sua felicidade, as suas vontades, para suprir as minhas!
Isso nunca ninguém fez antes! É a maior prova de amor.
Mãe, você parece a figura feminina de Deus, se é que Deus tenha gênero.
As suas mãos secando minhas lágrimas, me fazendo dormir, me fazendo suportar os momentos difíceis...mesmo quando era você quem precisava de colo.
Seus conselhos sábios, nossas conversas longas e desabafos...
Todos os meus segredos que você foi a primeira a saber, mas que nem sempre guardou...rs.
Sabe que as vezes eu penso: Como você aguenta meu temperamento? Minhas crises estéricas de gritos e reclamações? Minha falta de reconhecimento?
Desculpe se eu não te elogiei ainda, mas você está linda hoje! Como sempre!
Ô mãe, to tentando dizer que eu te amo tanto, e que não vivo sem você.
Tô tentando me desculpar pelas minhas rebeldias, chatices, e as palavras que ao sairem da minha boca, te magoaram sem querer.
Eu sou tão bobas às vezes.
Mas você nunca me enxergou grande, sempre me tratou como uma criança desprotegida!
Quanto amor existe no seu coração, e como ele é grande!
Me ensina como você consegue suportar tantas responsabilidades e ainda assim, cuidar tão bem de mim?
Me ensina como você consegue esconder tão bem suas dores, só para não me magoar?
Me diz como você consegue ter tantos defeitos e eu não enxergá-los?
Me ensina a te agradecer, porque eu ainda não sei! E mesmo se soubesse, seria pouco.
Mãe, quero todos os dias te dizer: Feliz dia das mães!
Acho que eu consegui, consegui te dizer que você é como uma droga para um corpo viciado que como minhas veias, precisam das doses diárias para não enlouquecer.
Eu não sei o que faria sem seus conselhos, sem sua alegria, sem suas mãos, sem seu ombro.
Eu não suportaria sem você.
Ô mãe, te amo viu? Você não é a melhor não, é única!

Um comentário:

Kátia disse...

Puta que pariu!! Amei seu post Dani.
Quase chorei aqui, me emocionei de verdade. Quisera eu sentir um pouquinho do que você estava sentindo quando escreveu esse post.

Beijos, tudo de bom!!

Related Posts with Thumbnails